Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Retroactividades (concisas)

 

 

 

Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá


Amo-te!!

 

(Diga hoje, sem rodeios, o que devia ter dito ontem... senão o que vai ter para calar amanhã ?)

 

 

 

COMMUNICATION BREAKDOWN - "I (Led Zeppelin)"

Led Zeppelin - Bonham/Jones/Page
 

Hey girl stop what you're doin'!
Hey girl you'll drive me to ruin.
I don't know what it is that I like about you
But I like it a lot.
Won't let me hold you
Let me feel your lovin' charms.

Communication Breakdown
It's always the same
I'm having a nervous breakdown
Drive me insane!

Hey girl I got something I think you ought to know.
Hey babe I wanna tell you that I love you so.
I wanna hold you in my arms, yeah!
I'm never gonna let you go,
'Cause I like your charms.
 

Communication Breakdown
It's always the same
I'm having a nervous breakdown
Drive me insane!
 

I want you to love me all night...
 

Communication Breakdown
It's always the same
I'm having a nervous breakdown
Drive me insane!
 

I want you to love me all night
I want you to love me
I want you to love...yeah! I want you to love!

  


Mr Anger às 10:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
90 comentários:
De Alguém a 20 de Julho de 2009 às 15:53
Sou só eu ou mais alguém já reparou que há 8 dias que o Mr. Anger nos deixou a falar sozinhas/os?

Ora, ora, Mr. Anger... isto nem parece seu... :(


De AUFDERMAUR a 20 de Julho de 2009 às 16:16
Communication Breakdown :)

Mel


De Alguém a 20 de Julho de 2009 às 17:02
Yes, I've seen it too, Mel... ;)

It's still strange though.........


De AUFDERMAUR a 23 de Julho de 2009 às 04:14
Alguém

Mr Anger is very strange!
Cá para mim ele está-nos a testar, a ver até que ponto é que os pupilos dele conseguem comunicar entre si sem o apoio do grande mestre :D

Deixe-o andar, quando ele tiver saudades nossas ele aparece :D

Mel


De Alguém a 23 de Julho de 2009 às 17:52
Maybe not strange, Mel, maybe just misterious...! :D


De AUFDERMAUR a 24 de Julho de 2009 às 22:25
Alguém

Não podia estar mais de acordo. Quando escrevi strange, deixei-me levar pela palavra que você usou no seu comentário. Mas tem razão: misterioso é o termo mais correcto! Mas, de certa forma, tudo aquilo que para nós constitui um mistério, tem o seu quê de estranho... Quanto mais não seja, é estranho à nossa maneira de ser e de ver o mundo! Se assim não fosse, não havia mistério ;)

Mel


De Rita a 22 de Julho de 2009 às 16:17
tb tem direito a férias, penso eu, e se for esse o caso :d


De Mia a 21 de Julho de 2009 às 12:26

Por vezes “amo-te” significa “vou amar-te sempre, amo-te tanto que até dói, e se morresse neste exacto momento em que estou contigo, ainda assim tudo faria sentido porque encontrei-me em ti e basta um olhar para me sentir eterno”. E aqui o amor é uma droga que vicia, que destrói, que não nos deixa pensar noutra coisa que não seja a próxima dose. Quando “somos um” morremos mas sentimo-nos vivos e a dependência traz a raiva, o desespero de nos perdermos e não sermos donos da nossa vontade. É uma forma egoísta de imputar ao outro a nossa in/felicidade. Outras vezes “amo-te” significa “respeito-te, admiro-te, fazes-me querer ser uma pessoa melhor, fazes-me feliz e quero-te fazer feliz”.E aqui o amor é desinteressado, livre, calmo, sossegado. Tão calmo que face ao outro parece desprovido de verdade e aparenta não ser mais que um racional conformismo. Porque aquele ou mata ou passa e este permanece altruísta e construtivo sem o arrebatamento do primeiro...

- No entanto, o que esperamos quando ouvimos “amo-te”?



De Rita a 22 de Julho de 2009 às 16:16
uma droga forte demais... :(


De Mr Anger a 30 de Julho de 2009 às 03:13
Cara Mia,

Atenção que eu sou um sonhador!!

Eu acredito que é possível o amor ser arrebatador mas sem todos esses efeitos secundários, acredito no amor, naquele amor que nos equilibra e desequilibra emocionalmente, que nos torna em pessoas melhores, e acredito que nele existe espaço para a liberdade mas também para a dependência... aquela dependência que nos faz correr para os braços de alguém... que nos faz sentir vivos :)

A dificuldade, o erro, esse está nas pessoas, no que cada um quer e espera daquela relação, não no amor, não no sentimento, hoje em dia ninguém quer compreender... apenas querem ser compreendidos...

Egos em luta não são amor... são perca de tempo!

Gostei das suas palavras e do seu regresso Mia ;)


Mr Anger


De Anónimo a 22 de Julho de 2009 às 16:15
será que já não é tarde demais? mas se a outra pessoa sabe-o, para quê sequer se pronunciar, especialmente se ele já se encontra noutra fase que não nos inclui? alguem responde?


De Rita a 22 de Julho de 2009 às 16:15
esqueci-me de por o meu nome... lol


De Mr Anger a 30 de Julho de 2009 às 02:48
Cara Rita,

Ame, perdoe, respeite-se, viva, seja feliz, ame-se e ame de novo.

Mr Anger


De White Angel a 6 de Agosto de 2009 às 12:02
Até que enfim... palavras sàbias...:)


De Sónia a 22 de Julho de 2009 às 18:19
dizer a alguém Amo-te tem de ser dito do fundo do coração e não pela boca fora, por vezes ouve-se dizer como se fosse um sim ou um não. Requer um sentimento profundo entre duas pessoas no qual a complicidade está sempre presente.
Se o Mr Anger está de férias, deixa-nos todos á toa............ lol


De Blá, Blá, Blá... a 22 de Julho de 2009 às 22:53
Está de chuva!
Ora, bolas!!!


De AUFDERMAUR a 23 de Julho de 2009 às 03:39
Está de chuva!
Ora, viva!!! Eu adoro chuva!!!


De Blá, Blá, Blá... a 23 de Julho de 2009 às 22:28
Ora viva!!!
Também adoro a chuva, mas não em pleno Verão.
O óptimo seria que chovesse menos por aqui e mais perto de si...



De AUFDERMAUR a 24 de Julho de 2009 às 22:22
Não sei onde é que você está e também não lhe vou dizer onde eu estou :D Mas não me parece que estejamos assim tão longe porque estava a chover em ambos os sítios ao mesmo tempo :D
Mas eu adoro chuva. A minha estação preferida sempre foi o Outono... É a estação mais linda e, por algum motivo que provavelmente só a Astrologia poderá explicar, todos os momentos mais felizes da minha vida acontecem nessa estação... Quando começa o Outono já sei que a felicidade está à minha espera :) Para além disso, é um tempo que se adequa mais à minha personalidade. No Verão as pessoas parecem-me um pouco estupidificadas... Hipotecam-se até ao pescoço, vão nas suas feriazinhas, fingem que são muito felizes durante um mesinho e depois lá voltam às suas tristes vidinhas... Dá-me a sensação que o Verão é uma espécie de ópio do povo!
Quando eu era criança então é que eu adorava o Outono: Regresso às aulas! Yupi :)


De Blá, Blá, Blá... a 25 de Julho de 2009 às 00:13
Mandamento da Santa Madre Igreja:
Não invocarás nome do Amor em vão (pelo menos que se respeite o vão de escadas... ).


De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 27 de Julho de 2009 às 23:28
Ora viva!

Este post é amoroso, não é?
Pois, bem me parecia.
Viva o amor!

Um abraço...
shakermaker



De Mr Anger a 28 de Julho de 2009 às 01:53
Boas Shakermaker,

Hmm, pergunta extremamente relevante de facto, nunca tinha pensado dessa forma, pensava que falava sobre "masturbação nos grandes símios, (verdade ou mito ?)"

Veredicto de uma besta (eu): Tentativa fraquinha de auto-promoção

Pena (sua): Suspensa de moderação mas apenas na condição de mostrar mais convicção e relevância em futuros comentários.


Cumprimentos e espero que volte :D

Mr Anger (o mauzão-ão-ão)


De AUFDERMAUR a 28 de Julho de 2009 às 21:45
Sou eu que sou adepta das teorias da conspiração ou o Shakermaker é outro dos seus alter egos? Não sei porquê mas imagino-o a escrever as coisas que o Shakermaker escreve no blog dele...

Mel


De Mr Anger a 29 de Julho de 2009 às 00:57
Mel,

Só não respondo como queria porque...

... a Mel sabe :D (com que então gosta de criar maremotos, e eu a pensar que era mais ligada a baías... enganou-me :D)

Ai ai... qualquer dia começam a chamar "Mr Anger" aos Pombos do Rossio, querem-me "ver" à viva força em todo o lado (esta também serve para a "Blá Blá Blá")


Mr Anger (fornique-se :) )


De AUFDERMAUR a 29 de Julho de 2009 às 01:58
Mr Anger

Não o estava a acusar de nenhum crime, apenas a insinuar que gosta de brincar com as nossas cabeças ;) É lógico que se você for o Shakermaker nunca mo vai dizer :)
Eu não o quero ver em lado nenhum (cuidado com a interpretação desta afirmação), esteja onde e como se sentir bem :)

Mel


De Mr Anger a 29 de Julho de 2009 às 03:35
Mel,

Só espero é que por essa ordem de ideias nunca pensem que eu ando no gozo... isso seria uma facada dolorosa (se é que existem outras de outro sabor). Eu respeito bastante quem aqui escreve (e não estou a passar lustro)

O que acontece é que a curiosidade aliada ao desconhecimento deturpa-nos a visão, sobretudo quando apenas queremos ver aquilo que para nós é a verdade...

"as coisas podem estar à mesmo nossa frente... "

E neste caso estão... não existe nada mais transparente...


Confissão em lista:

a) Não tenho ou participo em mais nenhum blog como autor
b) Não uso outros nicks neste ou noutros blogs
c) Conheço a identidade de 3 ou 4 users que já aqui comentaram (conhecimento mútuo), mas o resto não faço a mínima ideia...

... mas se é mais interessante pensarem que sou isto ou aquilo, este, aquele ou aqueloutro por mim pode ser, mas isso já faz parte da imaginação de cada um, eu apenas me limito a dizer a verdade:

- "acredite que não me conhece"... mas se pensam que conhecem, tudo bem, que assim seja...

Como diria o treinador José Mourinho sobre a transferência milionária do Cristiano Ronaldo (+/- nestas palavras)

"Se quem vende está feliz, se quem compra está feliz, se o Cristiano está feliz... Eu estou feliz !!!" :D


Mr Anger (o qualquer coisa)


De AUFDERMAUR a 29 de Julho de 2009 às 04:08
Mr Anger

Eu acredito em si! Sinceramente. Estava apenas a lançar postas de pescada para o ar. Não tinha intenção de causar maremotos nem de o acusar de andar a gozar com quem cá vem... Desculpe se a minha insinuação lhe pareceu um insulto :(

Mel (às vezes tenho comentários infelizes)


De Mr Anger a 29 de Julho de 2009 às 11:38
Mel,

Ainda bem que acredita em "Si", em todo o caso eu também dou igual crédito às restantes..."Dó, Ré, Mi, Fá, Sol e Lá..."

Não apanhe Sol e não se auto-medique... ah, e se conduzir não beba (nem água!!!!)


Mr Anger


De Ironia a 5 de Agosto de 2009 às 11:38
"Camarada Anger"

Ia-lhe pedir o Livro Amarelo do blog, porque há poucos dias me apercebi que os comentadores estavam sujeitos a moderação=censura.
Foi com satisfação que, hoje, vi que o "camarada Anger", reflectiu um pouco e caiu em si.
Abaixo a Censura!
Agora já se pode dizer mal do Sócrates, SS, Silva Pereira, etc... sem que o "camarada" Mr. Anger passe com o lápis azul? (ou agora será um lápis cor-de-rosa?).

Afinal, o "camarada" Anger é: Porreiro,pá! Porreiro,pá! :D :D :D


De Blá, Blá, Blá... a 7 de Agosto de 2009 às 23:03
Ponha-me os olhos nesta carta de amor, Mr. Anger, arregale bem os olhos que cartas destas não se lêem todos os dias.
Foi escrita por John Lennon (o mais criativo dos Beatles, digo eu, que tenho um gosto por tudo o que é "mainstream") quando namorava com Cynthia, que viria a ser a sua 1ª mulher durante muitos anos.
John tinha, nesta altura, 17 anos, idade da genuinidade, da espontaneidade, da generosidade ilimitada, da entrega sem reservas, idade de ilusões mil... (depois dos 20 e tal anos ou 30 a maioria dos seres humanos tornam-se sensaborões, ou mesmo insuportáveis...).

Olhe bem para esta carta (quase não tem pontuação, mal dá para respirar... pena não poder passar para aqui a emotividade de cada letra):

"Dear Cyn,
Hello
I love you I love you I love you I love U I love you I I. I I I love U I love you LIKE MAD I do I do love you YES YES YES Ido love you Cyn you I love you Cynthia Powell John Winston loves C. Powell Cynthia Cynthia Cynthia I love you I love you I love you for ever and ever isn't it great? I love you LIKE GUITARS I love you like any thing lovely lovely lovely lovely Cyn lovely Cyn I love lovely Cynthia Cynthia I LOVE you. You are wonderful I adore you I want you I love you I need you don't go I love you HAPPY XMAS MERRY CHRIMBO I love you I love you I love: you Cynthia Cyn Cyn Cyn Cyn Cyn Cyn Cyn is lovely by John John John John John I love you
xxxxxxx Love Jonhxxx

JOHN WINSTON
LENNON
LOVES
CYNTHIA POWELL
TRUE XXX
TRUE XXX
TRUE XXX

(Segue-se um lindo coração trespassado pela seta de cupido e por baixo...)

I love you Cyn


Enfim, até amores destes "vêm com prazo de validade", disse algures o Mr Anger, "o prazo de validade raramente está ao alcance da vista", digo eu.


De Ironia a 15 de Agosto de 2009 às 20:03
Aqui jazz o blogue do Mr Anger:
http://www.youtube.com/watch?v=XrgP1u5YWEg
(Afinal jazzer até é do melhor que há!)
Com desejos de que jazza em Paz até à sua ressurreição (para os crentes... Aleluia?) ou reencarnação (para os fiéis...) ou seja lá o que for para os não crentes...
Jazzei em Paz e que o Senhor vos acompanhe!
Ámen!
:D


De AUFDERMAUR a 17 de Agosto de 2009 às 17:10
Cara Ironia

As palavras que escreveu ao Mr Anger não me dizem nada e por isso nem as vou comentar.
Mas o video que aqui deixou tocou-me no coração e em memórias de noites felizes... Cantaloupe :)


De Ironia a 17 de Agosto de 2009 às 20:49
Aufdermaur,

Faz muito em não ligar às minhas palavras dirigidas ao Mr Anger (Oh, Oh...). Eu própria - às vezes - também não lhes dou importância nenhuma... Gosto de disparatar e escrevo o que me passa pela cabeça, na altura... :D :D :D

Ainda bem que o vídeo lhe tocou no coração e lhe trouxe memórias de noites felizes...
A boa música é assim mesmo, ou traz memórias felizes ou regista novas memórias felizes (para mim, não é só de noites felizes que se trata. Como se faz, apagam-se os dias felizes?? Pela minha parte, nem pensar!! Nem pensar!!! :D :D)


De AUFDERMAUR a 17 de Agosto de 2009 às 21:25
As memórias felizes nunca se apagam. Sejam elas de dias ou de noites. No meu caso, são só de noites bem passadas... Muito bem passadas e a deixar muitas saudades...


De Ironia a 18 de Agosto de 2009 às 08:14
Cara Aufdermaur,

Ok.
Agora quem ficou sem comentários fui eu.


Comentar post

mranger.blog@gmail.com


Ver perfil

Adicionar como amigo

. 119 seguidores

Pesquisar (Blog)

 

Abril 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
29
30


Post's Recentes

Opiniões não solicitadas

"N" Takes de Vida

Dia-a-dia da formiga

Regras base - Sobre(a)viv...

Regras base - Sobre(a)viv...

O amor (é) de alguém

Cuida de ti, pequeno Godz...

O contracto (em actualiza...

O mar enrolado em ti

Cuida de ti, pequeno Godz...

Ticket to ride

Folhas arrancadas de um l...

O amor habitual

Regras base - Sobre(a)viv...

No estrangeiro também se ...

Raio-X

Regras base - Sobre(a)viv...

Factual mundano - Autocar...

Sai cognac para a mesa qu...

Mau karma (ou azar ao jog...

Jogos de vida

Modem em sincronismo

Verdades (in)discutíveis

Natureza morta com pormen...

As estatísticas dizem-me ...

Obliterar (é preciso)

De barba feita:

O perdedor (fecha a porta...

Non, rien de rien (non, j...

Tomei peyote na idade méd...

Lx Strip

Vitória (?)

Recortes flamejantes no h...

Gentes da minha terra

Curtes alpista ?

Roedores & Armadilhas

Branco ou tinto? (cheio)

A Bolha

A cultura é gourmet

Pés na estrada

A selva humana

The head bone's connected...

Mare nostrum

A vida é bela

Lucky strike

Lapsos temporais

Memória de Ferro (O.s.p.e...

Objectivamente delirante

Girino

Burros (de carga) pensant...

Arquivos

Abril 2020

Maio 2018

Julho 2017

Junho 2017

Agosto 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Outubro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Janeiro 2011

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Janeiro 2007

Novembro 2006

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Agosto 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

tags

todas as tags

Links

últ. comentários

A verdadeira lição que temos de retirar destes mom...
Revejo-me no que aqui escreve (e, em geral, pelo s...
Olá cara Heidi,Com o frio vigente é mais caso para...
"At first (you were) afraid, (you were) petrified....
Cara HeidiÉ por aí, como na velha máxima: "...the ...
Nada é certo dentro da nossa vida. Por mais bases ...
Se não passa de dois bitaites e mais nada, não vej...
Caro Mr AngerComo diriam as mentes simples: "Alive...
Cara Mallory,Sem querer ferir susceptibilidades, m...
Cara Mallory,Como diria o E.Jonh: "I'm still Stand...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais comentados

Top de Blogues

subscrever feeds