Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

Profundamente falando...

 

A simetria é imperfeição...

(será o amor assimétrico?!)

 


Mr Anger às 00:14
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 11 de Abril de 2009

Bola de Neve

 

De tudo se faz uma tempestade, nasce um arrufo. Facilmente se destrói o prazer. Facilmente se aponta o dedo, dificilmente se esquece o amor, a paz, mas facilmente se apanha uma pedra, e atira-se, apenas para ver se quebra... para ouvir o barulho que faz ao estilhaçar a ténue vidraça que envolve o outro... que nos envolve a todos... que nós somos...

 

Parecemos todos fortes, queremos todos parecer demasiado fortes, demasiado perfeitos, demasiados únicos, quando nos devíamos preocupar apenas em sermos felizes, na partilha dos afectos, entremeados de alguns rasgos de ironia e mau humor, para dar tempero, mas ter como finalidade o prazer dos bons momentos, da cumplicidade, da convivência, custará tanto sermos felizes com pequenos gestos ?  Não falo apenas de amor, falo de pessoas, de relações, de minutos, de tempo... falo de magoar e assumir o erro, pedir desculpa (desde que seja de forma sincera, não importa o número de vezes, todos nos erramos)... falo de honestidade... falo de verdade e respeito...

 

Esticamos sempre um pouco mais, só para ver se sai mais sangue, se sai mais dor das nossas almas, como se o mal que trazemos cá dentro nos saísse do corpo com esses devaneios furiosos contra os outros... mas não sai, só acumula ainda mais, e afasta-nos de quem no fundo mais queremos, de quem mais nós gostamos, como se estivéssemos por vezes sedentos de saber até que ponto podemos contar com eles... mas ninguém, por mais que goste de nós, por mais que nos estime, aguenta festas meigas de mãos cardadas... curiosa gente esta que habita este planeta... curiosa gentalha que nós somos, que sempre seremos (!?)...

 


Mr Anger às 14:00
Link do post | Comentar | Ver comentários (15) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Quem tem cu... Está caladinho e senta-se...

 

São de Esquerda! São de Direita! São Liberais! São Conservadores! São a favor das Empresas e PME'S! São a favor do Povo e dos Trabalhadores! São a favor dos Direitos Humanos e Sociais! São Ecológicos! Usam Gravata! Não Usam Gravata! Eles gritam, eles lutam!!

 

... mas quando o que importa é gastar 4,5 milhões de Euros do nosso bolso para terem o "mais avançado Parlamento do Mundo", nessa altura calam-se todos...

 

E sabem porquê ?! Porque lhes sabe bem sentar lá a peida... porque no fim de contas o cu não tem partido, e é bom ter esses miminhos... (que marotos)

 

E por conta disso nem um, um que seja, de que Partido fosse, Esquerda, Direita, Centro, pequeno ou grande, Louçãs, Portas, Alegres ou Verdes, foi contra as obras, ou contra o abuso de gastar tanto dinheiro numa inutilidade... principalmente numa altura de crise e num País com tantas carências... haja vergonha... nem que fosse por isso... vergonha...

 

A saga de sempre continua...

 


Mr Anger às 20:16
Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 14 de Dezembro de 2008

V.T.C. - Velhas Teorias de Conspiração - Parte 1

 

Fala-se de crise, fala-se de bancos na falência, de multinacionais a negociar com governos, em jeito de ultimato, trocando manutenção de postos de  trabalho por uns "míseros" milhões em ajudas. As bolsas crasharam, estamos em recessão, estamos em  depressão... os bancos centrais dão ordens de impressão de mais uns milhares de fotocópias de algo a que perversamente chamamos de dinheiro... que pelos vistos, tal manobra faz desvalorizar o seu próprio valor - uau, que tenacidade - o petróleo, bem escasso, mal  contabilizado nessas contas - ora acaba amanhã, ou acabou ontem ou afinal dura mais 100 anos - continua entre sacos  de plástico e poliéster a alimentar os motores - sem evolução - que dele dependem, ninguém no Mundo lhes quer  alternativas, gastam muito ? Melhor. Poluem muito e as manifestações já chateiam? Ok, inventamos um catalisador e obrigamos desde o princípio dos  anos 90 a usarem-no em todos os veículos novos. Simples, rápido e facilmente ultrapassada a questão.
 
No carro temos tudo, GPS, ar condicionado, bancos aquecidos com massagem, vidros eléctricos, Xénon, DVD, computador de bordo que nos diz quanto temos no depósito, quanto podemos gastar, quanto estamos a gastar, quando temos de ir a oficina, que a luz do stop está fundida, mas… no meio de tanta tecnologia e cérebros de engenheiros queimados, a tecnologia que nos move, e que nos obriga a continuar a abastecer e a gastar os mesmos 6 a 8 litros aos 100Km, essa continua imutável... engraçado,  certas coisas realmente não evoluem... deve ser estigma, coitadinho do motor de combustão...
 
Mas voltando à vaca  morna, o preço do petróleo subiu muito - no póquer chama-se de bluff - apertou-se a teta até doer, e depois torceu-se só para deixar marca... afinal, sem entrar em grandes dissertações, parece que estava a ser “alavancado”, agora baixou, muito, estabilizará nos 100 Dólares daqui a uns tempos (para mais tarde confirmar/eu avisei), a pandemia da gripe das aves era iminente,  era um facto, era indesmentível, ia acontecer diziam os sábios de bata branca, subiram os preços, a loucura generalizou-se, puff, fez-se fumaça, não se viu fogo... a  crise do arroz, 2quilos por pessoa no supermercado, a triplo do preço, puff... quantos lotes (toneladas) querem hoje ?
 
Não vivemos em castelos, já não existem cruzadas, mas tal como cantava a cançonetista, precisamos - urgentemente - de um herói... ou de um oftalmologista... digo eu (em regime de bitaite...)

 


Mr Anger às 19:35
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

A verdade em 6 linhas e meia

 

O arrependimento, o pedir desculpas, o assumir do erro, o perdoar, o abrir o coração, o falar verdade e ser verdadeiro será que é algo assim tão digno num Mundo que vive e respira de mentira ? A honra morreu ou nunca existiu, a honestidade e a sinceridade também, e infelizmente quem pensa e vive dessa maneira - não nas palavras mas nos actos - é uma minoria, vive feliz consigo, auto-realizado na sua ingenuidade, mas numa eterna dor muda entre a raiva e a vitimização... Deve ser triste, muito triste tentar (apenas) colher flores e ser (sempre) picado pelas abelhas... digo eu..
 

 


Mr Anger às 12:00
Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008

Somos assim Sr. Joaquim ?!

Ontem disseram-me
- é mentira porque ninguém me disse, fui eu que pensei, apenas comecei assim porque ficava melhor -
 

que “mais que fazer, é preciso convencer” e que “mais que decidir é preciso acreditar”…

É provável que isto soe a Filosofia barata de última página de um pasquim qualquer, que pareça pretensioso pensar isto quando tanta gente, ou todos, já o fazemos, mas este pensamento bacoco a laia de Lapalice apenas serve como pretexto, para dizer outra banalidade:

- que nunca estamos satisfeitos com o que temos...


Embora seja uma verdade (indiscutível !? ) nós fazemos sempre por não olhar de frente para o que temos, mas sim de soslaio para o que não é nosso. Exemplo, podemos ter estantes cheias de livros -  e pó - em casa, mas damos sempre um olhar fortuito no jornal gratuito do companheiro de viagem que vai ao nosso lado no comboio, pelo menos até este olhar para nós com cara de:


"F#$%@#”, quer dizer, existem pilhas de jornais destes para trazer, existem gajos que distribuem este esterco chamado de jornal á mão das pessoas e tu ainda me vens numa de 007, queres mais o quê ? Que leia em voz alta ?"


Alguém disse um dia, numa altura e sítio qualquer, que isso se deve á competição e á imensurável capacidade humana do que os Marketeers tanto gostam de vincar nos seus currículos que dá pelo nome de “ambição”, pois bem, é provável, queremos sempre o melhor, queremos sempre mais, somos assim, eternamente invejosos, curiosos e egoístas, eternamente perversos, eternamente pequenos Deuses do nosso Olimpo, mesmo que ele seja um pequeno T1 no pior bairro da periferia... Enfim, somos Humanos, podíamos ser Delfins, mas pelo menos não somos Iran Costa… eu por mim, não me importava de ser eternamente Nel Monteiro…


Digo eu…
 

tags: ,

Mr Anger às 18:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 29 de Março de 2005

Home Sweet Home..

Vivemos num mundo imundo de hipocrisia, e o Homem não se redime, não se desculpa nem pede perdão. Acredito realmente na destruição total do mundo por parte do Homem, mas no fim, e como já podemos constatar, a natureza irá vingar-se e infelizes daqueles que estiverem cá nessa altura, podem crer...

tags: ,

Mr Anger às 19:49
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 28 de Março de 2005

Hoje eu quero que vivas...

Viva a Páscoa e as amêndoas, o coelhinho e os ovos Kinder gran surpresa, e ainda o espírito Pascal, e o Ben-Hur e os Dez Mandamentos, mas sinceramente, embora tudo isso seja fascinante, era mesmo necessário obrigarem o senhor Papa a viver ?! È que realmente já não se trata de uma situação de deixar morrer, mas sim de obrigar a viver, o que sinceramente, aparenta ser uma decisão contra a vontade do próprio Deus. Mas embora pareça estranho, não é único, parece que agora virou moda certas pessoas no Mundo terem privilégios de vida eterna, embora ninguém tenha duvida de que somos mortais... ou não somos ?! O Arafat morreu seis vezes, embora certas pessoas ainda duvidem, e morreu porque de certeza a máquina de desfribilação queimou de tanto ser usada, agora, outra novela, temos o Papa na TV, preso por arames, só mexe um bracinho e o resto treme, é a paixão de Cristo televisiva, cada dia um episódio, e ou muito me engane, isto é para continuar, nao faltará muito para ter mais personagens num ecrã perto de si. Acho que realmente já é hora de fazerem um favor à humanidade e deixar as pessoas morrerem em paz e sossego... digo eu.

tags:

Mr Anger às 17:02
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 15 de Novembro de 2004

Eu prometo mas não cumpro

Não acredito no Primeiro-Ministro, não acredito na oposição, para mim e tudo uma questão de cor, uns gostam de uma, outros de outra, mas no fundo nunca deixam de ser tinta. Ai Portugal Portugal, és cada vez mais triste e pequenino, venha um novo Euro para nos alimentar a carcaça mirrada pela fome.


Mr Anger às 13:27
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2004

O presente diluído das entranhas do futuro...

Hoje é o dia em que deixei de sonhar. Apenas hoje me apercebi como a vida nos engana, ou por outras palavras, como nós nos enganamos a nós próprios. Vivemos de peito aberto e sonhamos durante algum tempo, num tempo onde tudo parece ser sempre longe demais. Chegamos a pensar que um dia, o nosso futuro vai ser aquele com que sonhamos e nada nos irá impedir que assim seja, pois a nossa ilusão, disfarçada de vontade, é maior que tudo. A vida é difícil, andamos por aí a vaguear uns anos, indefinidos no tempo, imaturos, pouco racionais e demasiado emocionais, depois, de um momento para o outro, abrimos os olhos e somos confrontados com a nossa verdade, a vida que temos, o nosso presente, e somos esmagados pela frustração do que somos, tão distantes do futuro outrora sonhado, e esperado... Lentamente deixo cair a cabeça na almofada, sem pressas, sem espaço para mágoas ou arrependimentos. Amanhã é outro dia... pode ser que esteja vivo, pois sou um homem sem futuro, que vive num labirinto de emoções do passado, resignado e completamente dependente do presente que tenho, aquele que nunca quis, que nunca escolhi, mas que no final de tudo mereci ter, pois tudo fiz para que assim fosse.


Mr Anger às 02:33
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 30 de Abril de 2004

Exclusão - O Senhor dos Medos

Todos nós, seres vivos, racionais, humanos, acabamos mais tarde ou mais cedo por sentir o sabor que nos irá mudar a vida, provavelmente mesmo antes de sabermos o que ele realmente significa, mas teremos muito tempo, pois a exclusão será uma constante até á nossa morte. Todos nos gostávamos de ser primeira escolha, Nº1 de tudo o que se possa imaginar, mesmo o mais modesto dos Homens sente prazer em se sentir destacado, em ser melhor que os outros todos em alguma coisa, nem que seja, ser o mais bonzinho de todos, tal como JC quis ser, e pelos vistos foi.. A dor da exclusão é forte, deixa marcas, deixa traumas, é difícil não conseguir atingir metas, não ser capaz, isso deixa-nos de rastos, por isso fugimos, viramos a cara, não vamos á luta, não deixamos ser o Mundo a dizer-nos o que realmente valemos, porque temos medo da realidade, da derrota, da dor da exclusão, e deixamos isso para a nossa cabeça, para o nosso Mundo, onde aí somos soberanos, os melhores em tudo o que quisermos, aí não existe exclusão, nem críticas devastadoras, mas por outro lado, o retorno, a satisfação é tão falsa como a masturbação, não passa tudo de um falso orgasmo... Culpamos o bode expiatório perfeito, a preguiça, que serve de escudo para tudo o que é receios. Para quê lutar por algo, ir em frente e depois ver os outros a destruir e a desmoronar tudo em que acreditávamos... esse é o grande problema, e por causa desses medos, passamos toda a nossa vida a engolir os mesmos sapos, todos os dias, todas as horas, a todo o momento... será melhor assim ?


Mr Anger às 19:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 18 de Abril de 2004

Nada de novo, o costume...

Uns morrem, outros vivem, uns sonham e mais uns tantos acreditam. Uns gostam de opinar, outros gostam apenas de ouvir, uns gostam de fazer o mal, outros o bem, muitos pensam ser diferentes, todos são únicos mas no fundo iguais. Muitos são narcisistas, quase todos sedentos de algo, fama, dinheiro, saúde, amor, as velhas coisas de sempre, mas será isto que nos mata a sede ?! Talvez. Uns traçam planos, definem objectivos, uns atingem metas, outros ficam pelo caminho, morrem na praia, uns sentem tristeza pela desilusão que a vida lhes dá, outros sentem alegria por puderem estar vivos, uns têm medo da morte, outros preferem morrer a estar vivos. Uns matam, outros fogem, alguns escapam, muitos têm fobias, quase todos gostam ou amam algo ou alguém. Uns gostam de se socializar, outros gostam de se isolar, será que são amotinados ou escorraçados daquilo a que fogem ?! Uns acreditam no Homem, outros acreditam em Deus, uns sentem-se injustiçados, mas será que realmente alguém se preocupa com isso ? Uns pensam na vida, outros vivem a vida, outros vivem a vida a pensar nela, mas também, nada disto é novidade...


Mr Anger às 12:37
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 16 de Março de 2004

Sorte e Azar, façam as vossas apostas...

Sempre ouvi dizer que por vezes somos bafejados pela sorte, outras vezes parece ser o azar que nos persegue, mas afinal do que se trata ?! Seremos realmente vítimas de um qualquer vil plano da natureza, para nos reduzir a insignificância de nem sequer podermos organizar e traçar o nosso próprio destino sem ter de prestar contas dos nossos actos a algum tipo de entidade superior, que nos atribui recompensas através da sorte ou punições através do azar, ou seremos nós capazes, através das nossas decisões traçar situações de sorte ou azar, embora estas por vezes sejam complexas e inexplicáveis... Eu não sei, mas acredito que todos temos aquilo que merecemos, sempre....


Mr Anger às 22:26
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 12 de Março de 2004

GAME OVER !

O mundo parece louco, eu pareço louco, vivemos uma vida de escassez desde o dia que nascemos, tudo na vida se resume a isso mesmo, escassez... O Homem tem escolhas infinitas todas elas limitadas, mesmo as mais ilimitadas, irão acabar por ser vencidas nem que seja pelo tempo, o eterno assassino dos sonhos, da vida e das coisas, pois nada é eterno, nem mesmo os diamantes... Se virmos as coisas por este prisma reductor, que nos coloca numa posição orgânica e simplista, quase que apetece pensar, para quê então tanta preocupação com o futuro, nada prevalecerá, tudo será temporário, irrelevante, descartável... Ok tudo certo, mas por isso mesmo é que se diz que a vida é um jogo, porque tem um fim e um objectivo, e todos sabemos que os jogos, passo a redondância, jogam-se, conhecem-se as regras iniciais, vamos aprendendo algumas pelo caminho, seguimos pistas, aprendemos truques, e sabemos que um dia acabaremos por ver "Game Over" no nosso visor... mas para isso é preciso jogar, e sinceramente, acho preferível chegarmos ao fim, atingirmos esse objectivo seja ele qual fôr, do que permanecermos infinitamente um jogo inacabado... pois mesmo os jogos inacabados têm o seu espaço temporal, e senão jogados a tempo, outros virão e ditarão o seu fim..


Mr Anger às 23:28
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2004

Olhando para dentro de nós, estaremos sós ?!

Será que quando olhamos para o céu estrelado, alguém do outro lado do Universo, nesse mesmo instante, estará também a olhar para nós?! Deve ser a dúvida mais velha e mais vezes questionada pelo Homem... Mas o que será que existe para lá dos nossos olhos ?! Nessa altura percebemos um pouco da nossa dimensão, de como somos pequenos, minúsculos, somos tão insignificantes que só a ideia de pensar nisso deixa-nos com dores de cabeça e o nosso cérebro é bombardeado por dezenas de dezenas de dúvidas existenciais todas elas sem resposta, afinal, talvez seja por isso, que quando olhamos para o céu, ficamos hipnotizados, com aquela sensação de vertigem, como se acabados de sair de um carrossel, embriagados pela nossa própria ignorância, mas também fascinados e reconfortados, pois as respostas estão ali, mesmo por cima das nossas cabeças... ou não?! Será que a origem de tudo estará no céu ? Ou seremos nós essa origem?!. A verdade indiscutível é que por cima das nossas cabeças, naquele vasto negro cintilante, ninguém neste Mundo pode dizer o que se passa, talvez nem nunca venhamos a saber, talvez não seja esse o nosso papel, poderá até nem existir nada, mas se existir, tudo o que se sabe e se diz até hoje cairá por terra, e será na origem de tudo que encontraremos as nossas respostas, resta-nos a nós, pequenos sonhadores, acreditar que amanhã de manhã o Sol irá aparecer outra vez no horizonte...


Mr Anger às 20:51
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2004

Hello, anybody out there ?!

 

A vida, a morte, a incerteza do futuro e a expectativa que algo melhor nos irá acontecer, deixa-nos nervosos, impacientes, sentimo-nos fracos, comidos por dentro, o nosso corpo quer dormir, quer sonhar, mas não, isso seria fácil demais, afinal acabaríamos com o nosso sofrimento, mas não, o Homem gosta de sofrer, não o admite, mas sente isso, afinal tudo se resume a sensações, as vezes tão difíceis de distinguir, será dor, será prazer, a fronteira que as separa é invisível, e nós passamos a vida inteira a pular de um lado para o outro, como se estivéssemos em busca da nossa insanidade.... Está lá escrito, vezes sem conta no nosso código genético " Nós gostámos de sofrer" e o nosso corpo todo vibra com isso, as nossas glândulas sudoríferas libertam-se, o nosso pézinho irrequieto quase que fura o chão com o seu treme-treme, pois bem, assim seja... seremos então ansiosos e expectantes... mas quanto tempo mais teremos de viver assim, encolhidos de dor e de medo na falsa imagem de auto-estima de um sorriso... Eu sabia que um dia alguém haveria de vir aqui... Obrigado ;) Mr Anger


Mr Anger às 13:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
|

mranger.blog@gmail.com

Pesquisar (Blog)

 

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Post's Recentes

Profundamente falando...

Bola de Neve

Quem tem cu... Está calad...

V.T.C. - Velhas Teorias d...

A verdade em 6 linhas e m...

Somos assim Sr. Joaquim ?...

Home Sweet Home..

Hoje eu quero que vivas.....

Eu prometo mas não cumpro

O presente diluído das en...

Exclusão - O Senhor dos M...

Nada de novo, o costume.....

Sorte e Azar, façam as vo...

GAME OVER !

Olhando para dentro de nó...

Hello, anybody out there ...

Arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Agosto 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Outubro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Janeiro 2011

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Janeiro 2007

Novembro 2006

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Agosto 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

tags

todas as tags

Links

últ. comentários

A verdadeira lição que temos de retirar destes mom...
Revejo-me no que aqui escreve (e, em geral, pelo s...
Olá cara Heidi,Com o frio vigente é mais caso para...
"At first (you were) afraid, (you were) petrified....
Cara HeidiÉ por aí, como na velha máxima: "...the ...
Nada é certo dentro da nossa vida. Por mais bases ...
Se não passa de dois bitaites e mais nada, não vej...
Caro Mr AngerComo diriam as mentes simples: "Alive...
Cara Mallory,Sem querer ferir susceptibilidades, m...
Cara Mallory,Como diria o E.Jonh: "I'm still Stand...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais comentados

Top de Blogues

subscrever feeds