Terça-feira, 15 de Junho de 2010

Amor em formol

 

Uma vez, por uma vez, escrevi-te um poema, coisa singela e pequena, confesso, já fiz, possivelmente, bem melhor ou mais pomposo, mas por vezes são momentos, e sabes bem que nunca tenho por adquirida essa razão injusta de quantidade ser qualidade (nunca me fez o género), as palavras podem ser parcas mas ricas de sentimentos, de alma, como se junto delas pudesse não ir só a razão de as escrever, mas também um pouco de mim, um pouco mais do que apenas dedos a premir teclas com intuito de soarem bem quando lidas em voz alta ou naquela discreta voz muda, apenas mordiscada suavemente pelos lábios, num escritório pouco dado a emoções ou num quarto abafado de memórias de vida curta, com música semi-alta a tocar no fundo (apenas porque sabe bem extravasar as emoções e gritar alto: "estou viva").

 

Nesse dia pensei em ti, e nesse dia pensei em nós, e hoje, aqui, olhei para trás e vi que no teu lugar estava outra...

 

 

(... mas o poema permaneceu teu) 

 

 

 

   

 
 
LOVE ME TWO TIMES - "Strange Days"

The Doors - Robby Krieger

 

 

Love me two times, baby
Love me twice today
Love me two times, girl
I'm goin' away
Love me two times, girl
One for tomorrow
One just for today
Love me two times
I'm goin' away

Love me one time
I could not speak
Love me one time
Yeah, my knees got weak
But love me two times, girl
Last me all through the week
Love me two times
I'm goin' away
Love me two times
I'm goin' away 
All right, yeah! 

Love me one time
I could not speak
Love me one time, baby
Yeah, my knees got weak
But love me two times, girl
Last me all through the week
Love me two times
I'm goin' away

Love me two times, babe
Love me twice today
Love me two times, babe
'Cause I'm goin' away
Love me two time, girl
One for tomorrow
One just for today
Love me two times
I'm goin' away
Love me two times
I'm goin' away
Love me two times
I'm goin' away

 

 


Mr Anger às 19:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
18 comentários:
De P. a 29 de Junho de 2010 às 09:57
Então se no lugar estava outra, escreva um poema a essa e não olhe para trás, que retrovisões só o fazem estancar no caminho e nao levam a lado algum.
Acho que devia fazer uns paragrafos e umas frases mais curtas nesses textos, essa enchente de palavras faz ler varias vezes até entender o sentido, e mesmo quando parece entendido...não está.


De Mr Anger a 29 de Junho de 2010 às 12:05
Hum...

Obrigado pelo comentário e pelas sugestões, o meu amigo Lacerda pensa o mesmo, mas como tem problemas de confiança, raramente diz coisas acertadas (o famigerado "pão com queijo"), logo fica-se pelo vago e pela conversa sobre o tempo e preço de senhas de almoço nas cantinas das universidades Lisboetas... enfim...

Obrigado, volte sempre :)

Mr Anger (na FDUL dizem que é bom...)


De P. a 30 de Junho de 2010 às 09:37
(Se e bom ele que va para a FDUL apenas para comer "pão com queijo" prestigiado, e saboreie muito bem que depois disso so vem a sopa dos pobres.)Voltando a si e abandonando o amigo Lacerda,eu conheci uma pessoa que conservava uma cobra horrivel em formol... voce guarda amores mal resolvidos .Acho que deviam acabar com o formol, nunca guarda nada de bom.


"My Angel Gabriel" do comentário abaixo: infelizmente tem razão, mau ou bom nunca recebi um poema. :(


De White Angel a 29 de Junho de 2010 às 13:12
Mr. Anger,

Feliz de quem algum dia, ja recebeu um poema de amor... por mais singelo que seja!!!

Blogue muito interessante.

Abraço


De Luisa a 13 de Julho de 2010 às 18:08
O comentario à mensagem de blog anterior não foi gravado... continuo com esta pequena dificuldade!!! :))

Maravilhoso, como sempre. Já tinha saudades de o ler.
Porquê "formol" nos "tags"? Embalsamar os sentimentos ou os momentos?
Luisa


De Mia a 13 de Julho de 2010 às 23:06
Gira essa conversa sobre o tempo..."Jorge" diria que "é um clássico" Chuva versus Sol versus Lado Lunar e o que mais se utiliza para divagar. Assim como os poemas e outras formas encapotadas de expressão em que cada um entende o que quiser.

Mas...e quando o pintor faz um ponto no quadro sem segundas intenções e o grande apreciador de arte conclui que é um elefante de costas visto de longe? A ideia do ponto deve ficar conservada em formol ou apreciada em cada momento?...

É que às vezes uma sandes de queijo é só uma sandes de queijo e não há romantismo que altere isso. Outras vezes ela é o que queremos, mais folha menos folha de alface, mista, tostada...

O essencial não é o formol. É que tenha queijo! (De preferência um daqueles que fica mais forte e saboroso com o bolor do tempo...)

Porque ninguém fica no lugar de ninguém:

- Há alguém que está e outro alguém que partiu.

- Alguém que se ficasse já não era como foi.

- E alguém que se partisse já não era como é.

No lugar do que era, estás somente tu, a tua memória e o romantismo dos poemas que foram para alguém;)


De MigalhaEstaladiça a 28 de Julho de 2010 às 12:24
Porque é que a qualidade não pode estar na quantidade?Esta a falar de prender se a uma unica coisa boa quando pode ter variedade e saborear o que ha de bom em cada coisa?ou fala no sentido de tudo o que demasiado enjoa?Suponhamos...ha uma quebra de produção do seu gelado favorito...tem uma fatia e um balde à venda e outro comprador encaminha se para o congelador...Prefere adquirir um balde de gelado de chocolate e saborear ate não poder mais guardando o resto? Ou por outro lado, contenta se com uma misera fatia,que até e feita com um chocolate suiço, enquanto espera pelo dia em que voltará a estar em stock e pensa intermitentemente"mais!mais!" ?

Pense rápido, ou fica sem escolhe e so lhe sobra a fatia :P



De Mr Anger a 28 de Julho de 2010 às 12:34
Hum...


O que eu gosto mesmo é de pessoas esclarecidas, evoluidas, modernas, liberais, independentes e cheias de "ismos" e que depois choram pelos cantos da casa, ou até, no meu pequeno ombro.

Aposto que o seu filme "favorito" deste verão é o Sex and The City 2


Mr Anger


De MigalhaEstaladiça a 28 de Julho de 2010 às 13:06
Ai gosta?Bem me parecia que era do tipo " i love to see you cry". Não sabia era que oferecia alguma coisa...O pequeno ombro e um bom principio :D
Errado. O meu filme favorito deste verão é o Pacovia e o Campo 1. Ainda em cartaz numa horta perto de si.É um filme muito semelhante ao Abstinência e Desespero, esse de outro realizador.

Fique bem Mr.


De Mr Anger a 28 de Julho de 2010 às 13:28
Hum...

Está engraçado, se tiver tempo no dia de hoje ainda solto uma risada (bastante efusiva, obviamente) ;)


Mr Anger


De MigalhaEstaladiça a 28 de Julho de 2010 às 14:07
Estou a imagina lo a rir ...deve ser algo entre um esgar e um espasmo muscular ;)

Se tiver tempo no ocupado dia de hoje, vá a casa de banho, nao solte nas calças.



De Mr Anger a 28 de Julho de 2010 às 14:17
Hum...

Na mouche, obrigado pela sugestão, vou aproveitar também para choramingar e cortar os pulsos (com cartinha em anexo) ;)


Mr Anger


De MigalhaEstaladiça a 28 de Julho de 2010 às 15:11
Está bem.Mas escreva a cartinha anexa depois de cortar os pulsos, que é para a letra sair mais legivel e as ideias menos confusas.

:(


De Mr Anger a 28 de Julho de 2010 às 15:26
Hum...

You "...are the Eggmen, i am the Walrus (GOO GOO GOO JOOB)..."


Mr Anger


De MigalhaEstatadiça a 28 de Julho de 2010 às 15:39
Eu bem lhe disse para escrever depois de cortar os pulsos...comentário descabido.

"hehe I am as you are, as you are me, and we are all together.(…)
I'm crying."
Viu a logica disto?Daqui a nada esta a balbuciar frases sem nexo e a chorar e rir ao mesmo tempo.

:) Espero que não seja contagioso.


De Mr Anger a 28 de Julho de 2010 às 15:55
Hum...

Pois, parece que sim, mas amanhã já vai estar mais fresco (ouvi dizer), de qualquer forma continue a meter moedas e a lançar piadas, com sorte o moedeiro fica cheio e o mundo explode numa gargalhada ;)


Mr Anger


De MigalhaEstaladiça(hojemeiomole) a 29 de Julho de 2010 às 10:48
moedeiro
nome masculino
def. : fabricante de moedas

(De moeda+ -eiro)

Não quero encher o moedeiro.Coitado do Sr.


De Mia a 9 de Setembro de 2010 às 22:11
«Toda a alma tem uma face negra, nem eu nem tu fugimos à regra. Tiremos à expressão todo o dramatismo, por ser para ti eu uso um eufemismo. Chamemos-lhe apenas o lado lunar, mostra-me o teu lado lunar.»

Lá está mais um -ismo pseudo esclarecido conservado em formol :P


Comentar post

mranger.blog@gmail.com


Ver perfil

Adicionar como amigo

. 120 seguidores

Pesquisar (Blog)

 

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Post's Recentes

O amor (é) de alguém

Cuida de ti, pequeno Godz...

O contracto (em actualiza...

O mar enrolado em ti

Cuida de ti, pequeno Godz...

Ticket to ride

Folhas arrancadas de um l...

O amor habitual

Regras base - Sobre(a)viv...

No estrangeiro também se ...

Raio-X

Regras base - Sobre(a)viv...

Factual mundano - Autocar...

Sai cognac para a mesa qu...

Mau karma (ou azar ao jog...

Jogos de vida

Modem em sincronismo

Verdades (in)discutíveis

Natureza morta com pormen...

As estatísticas dizem-me ...

Obliterar (é preciso)

De barba feita:

O perdedor (fecha a porta...

Non, rien de rien (non, j...

Tomei peyote na idade méd...

Lx Strip

Vitória (?)

Recortes flamejantes no h...

Gentes da minha terra

Curtes alpista ?

Roedores & Armadilhas

Branco ou tinto? (cheio)

A Bolha

A cultura é gourmet

Pés na estrada

A selva humana

The head bone's connected...

Mare nostrum

A vida é bela

Lucky strike

Lapsos temporais

Memória de Ferro (O.s.p.e...

Objectivamente delirante

Girino

Burros (de carga) pensant...

As flores no teu cabelo -...

Nenhum pássaro me sussurr...

A moda dos cintos apertad...

Os contribuintes (ou os b...

Comprar tabaco (eu fui)

Arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Agosto 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Outubro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Janeiro 2011

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Janeiro 2007

Novembro 2006

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Agosto 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

tags

todas as tags

Links

últ. comentários

A verdadeira lição que temos de retirar destes mom...
Revejo-me no que aqui escreve (e, em geral, pelo s...
Olá cara Heidi,Com o frio vigente é mais caso para...
"At first (you were) afraid, (you were) petrified....
Cara HeidiÉ por aí, como na velha máxima: "...the ...
Nada é certo dentro da nossa vida. Por mais bases ...
Se não passa de dois bitaites e mais nada, não vej...
Caro Mr AngerComo diriam as mentes simples: "Alive...
Cara Mallory,Sem querer ferir susceptibilidades, m...
Cara Mallory,Como diria o E.Jonh: "I'm still Stand...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais comentados

Top de Blogues

subscrever feeds