Quinta-feira, 28 de Abril de 2005

Tudo bons rapazes...

Eu fui um mau rapazinho, fumei um charro da tua droga e bebi um copo de vinho da adega do teu pai, sujei o teu sofá de vómito malcheiroso, transformei a tua casa num santuário de maus odores. Eu fui um mau rapazola, dei um pum a porta do meu vizinho, desejei a namorada do meu melhor amigo, não limpei os pés ao entrar no teu pópó. Eu fui um mau rapazote, dei um chuto e usei o teu garrote, roubei um kinder no hiper do Belmiro, e ao cão do meu irmão dei um tiro, não para matar mas para sofrer. Eu fui um mau rapaz, mas aqueles que eram bons e que confiavam em mim é que se foderam... ou não?!?


Mr Anger às 00:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 27 de Abril de 2005

Versus - As diferenças do individuo

Odeio pessoas fúteis, idiotas, convencidas, que pensam que toda a diarreia armazenada no seu crânio se pode traduzir em verdade ou lei para todos os que a rodeiam. Não gosto de fracos, fazem-me sentir pena, desgosto, angústia pela sua condição de desalento e piedade. Odeio os que cospem no prato onde comem, os que não são humildes e que durante toda a sua vida são massacrados pelos fantasmas de uma vida vazia. Odeio os fracos de espírito, os "Maria vai com as outras", os sem opinião, pois eles pedincham um pouco de vida, pedem que os deixem viver, subservientes de todos, subjugados, peões. Admiro um bom rebelde, um bon vivant, uma pessoa sem meias medidas nem paninhos quentes. Admiro um bom conversador, que conta historias, algumas mentiras, mas que não se gaba delas e que vive para um objectivo leal. Admiro as pessoas de bem com a vida, com uma voz critica mas coerente, com ideias próprias, alternativas mas com um sentimento democrático e de respeito pelos outros, sabendo bem onde acabam as fronteiras do admissível. Admiro a sinceridade das coisas, da natureza e das pessoas... mas também sei odiar...


Mr Anger às 10:13
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Fantasma desconhecido...

Quem és tu fantasma? Quem és tu que me atormentas os sentidos, que me provoca calafrios, gemidos, que me faz sentir dor ao respirar? Quem és tu, demónio? Enviado do além, enviado do inferno bem eu sei, a tua ira cai sobre mim, e a tua voz, ecoa na minha mente, altera-me o pensamento, dá-me vontade de negro invés de luz, dá-me medo as ideias que produz a dor desse teu lamento. Fantasma quem és tu?


Mr Anger às 10:09
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

mranger.blog@gmail.com

Pesquisar (Blog)

 

Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Post's Recentes

Cuida de ti, pequeno Godz...

Ticket to ride

Folhas arrancadas de um l...

O amor habitual

Regras base - Sobre(a)viv...

No estrangeiro também se ...

Raio-X

Regras base - Sobre(a)viv...

Factual mundano - Autocar...

Sai cognac para a mesa qu...

Mau karma (ou azar ao jog...

Jogos de vida

Modem em sincronismo

Verdades (in)discutíveis

Natureza morta com pormen...

As estatísticas dizem-me ...

Obliterar (é preciso)

De barba feita:

O perdedor (fecha a porta...

Non, rien de rien (non, j...

Tomei peyote na idade méd...

Lx Strip

Vitória (?)

Recortes flamejantes no h...

Gentes da minha terra

Curtes alpista ?

Roedores & Armadilhas

Branco ou tinto? (cheio)

A Bolha

A cultura é gourmet

Pés na estrada

A selva humana

The head bone's connected...

Mare nostrum

A vida é bela

Lucky strike

Lapsos temporais

Memória de Ferro (O.s.p.e...

Objectivamente delirante

Girino

Burros (de carga) pensant...

As flores no teu cabelo -...

Nenhum pássaro me sussurr...

A moda dos cintos apertad...

Os contribuintes (ou os b...

Comprar tabaco (eu fui)

Isto é um fato...

Reflexões no cume de um p...

Amor em formol

Introdução à Economia: "V...

Arquivos

Agosto 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Outubro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Janeiro 2011

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Janeiro 2007

Novembro 2006

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Agosto 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

tags

todas as tags

Links

últ. comentários

A verdadeira lição que temos de retirar destes mom...
Revejo-me no que aqui escreve (e, em geral, pelo s...
Olá cara Heidi,Com o frio vigente é mais caso para...
"At first (you were) afraid, (you were) petrified....
Cara HeidiÉ por aí, como na velha máxima: "...the ...
Nada é certo dentro da nossa vida. Por mais bases ...
Se não passa de dois bitaites e mais nada, não vej...
Caro Mr AngerComo diriam as mentes simples: "Alive...
Cara Mallory,Sem querer ferir susceptibilidades, m...
Cara Mallory,Como diria o E.Jonh: "I'm still Stand...

mais comentados

Top de Blogues

subscrever feeds