Segunda-feira, 7 de Junho de 2004

O Protector de Animais...

Habito um 5º andar, partilho de forma mais ou menos democrática o meu espaço diminuto com um cão pastor alemão que me ofereceram pelos anos, que rica prenda. O meu T1 cheira a cão, e não importa as vezes que o lave, tanto o cão como o apartamento, é inútil. Partilho o meu T1 com um animal que outrora já foi selvagem, meti-o dentro do meu lar, no meu último reduto, no meu refúgio, um animal que por qualquer meio se tornou "domesticado", seja lá o que isso signifique, e do qual eu próprio me intitulei de dono, bastante egocêntrico e perverso não ? já vos falei do cheiro ? O meu sofá tem pêlos de cão, aliás, toda a casa tem pêlos de cão, eu próprio já pareço um, cheiro a um. Adoro o meu cão, e adoro a maneira como ele todos os dias de manhã ladra de sofrimento por um pedaço de liberdade, e aí, eu faço-lhe a vontade, as 18:30 quando chego do trabalho, desço com ele por um bocado, e não imaginam como ele fica contente por pisar a rua, e correr livremente pelos 2 metros de trela que eu lhe dou. Eu adoro o meu cão e ele respeita-me, vejo isso nos seus olhos, quando ele mete o rabo entre as pernas e treme, ouve um dia que ele ate se mijou todo de medo, quando ainda era pequenito, coitadinho. O meu cão nunca me mordeu, pelo menos a sério, também teve uma boa educação, só uma vez é que a brincar me deu uma mordiscadela, mas apanhou logo de seguida, nunca mais teve brincadeiras estúpidas. Odeio todos aqueles que não gostam de animais, acho isso uma barbaridade, mas enfim, há pessoas para tudo... Para estarmos certos ou errados apenas temos de estar vivos, por vezes viver pelo padrão não nos torna menos culpados...


Mr Anger às 17:04
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 2 de Junho de 2004

10 segundos de vida..

Vieste na minha direcção, algo estava errado, os teus olhos bem abertos, não sabia o que esperar. Disseste 3 palavras, não pestanejaste, não sorriste mas também não choraste, não te entendi, perdi-me, Voltei a encontrar-me 3 segundos mais tarde, questionei os meus sentidos, teria ouvido bem ? Claro que tinha ouvido bem, senão não teria tido dúvidas. Entrei em negação, mas por quanto tempo? Não sei, O tempo agora passava devagar e dentro da minha cabeça os frenéticos ponteiros do relógio não se esqueciam de me lembrar disso. A minha boca abriu-se, engoli em seco e forcei um sorriso cínico. Falei sem hesitações ou receios, apesar de tudo sentia-me confiante.

 

"- Anda, vamos conversar, e pelo menos dá-me a honra de um último café.. "


Mr Anger às 17:31
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|

mranger.blog@gmail.com

Pesquisar (Blog)

 

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Post's Recentes

O amor (é) de alguém

Cuida de ti, pequeno Godz...

O contracto (em actualiza...

O mar enrolado em ti

Cuida de ti, pequeno Godz...

Ticket to ride

Folhas arrancadas de um l...

O amor habitual

Regras base - Sobre(a)viv...

No estrangeiro também se ...

Raio-X

Regras base - Sobre(a)viv...

Factual mundano - Autocar...

Sai cognac para a mesa qu...

Mau karma (ou azar ao jog...

Jogos de vida

Modem em sincronismo

Verdades (in)discutíveis

Natureza morta com pormen...

As estatísticas dizem-me ...

Obliterar (é preciso)

De barba feita:

O perdedor (fecha a porta...

Non, rien de rien (non, j...

Tomei peyote na idade méd...

Lx Strip

Vitória (?)

Recortes flamejantes no h...

Gentes da minha terra

Curtes alpista ?

Roedores & Armadilhas

Branco ou tinto? (cheio)

A Bolha

A cultura é gourmet

Pés na estrada

A selva humana

The head bone's connected...

Mare nostrum

A vida é bela

Lucky strike

Lapsos temporais

Memória de Ferro (O.s.p.e...

Objectivamente delirante

Girino

Burros (de carga) pensant...

As flores no teu cabelo -...

Nenhum pássaro me sussurr...

A moda dos cintos apertad...

Os contribuintes (ou os b...

Comprar tabaco (eu fui)

Arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Agosto 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Outubro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Janeiro 2011

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Janeiro 2007

Novembro 2006

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Agosto 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

tags

todas as tags

Links

últ. comentários

A verdadeira lição que temos de retirar destes mom...
Revejo-me no que aqui escreve (e, em geral, pelo s...
Olá cara Heidi,Com o frio vigente é mais caso para...
"At first (you were) afraid, (you were) petrified....
Cara HeidiÉ por aí, como na velha máxima: "...the ...
Nada é certo dentro da nossa vida. Por mais bases ...
Se não passa de dois bitaites e mais nada, não vej...
Caro Mr AngerComo diriam as mentes simples: "Alive...
Cara Mallory,Sem querer ferir susceptibilidades, m...
Cara Mallory,Como diria o E.Jonh: "I'm still Stand...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais comentados

Top de Blogues

subscrever feeds